Conheça um pouco onde estamos localizados.

Bagé

Sua economia é baseada na agriculturapecuária e no comércio local. Possui duas universidades particulares: a Universidade da Região da Campanha e o Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai/Anglo-Americano; uma universidade federal, a Universidade Federal do Pampa; um instituto federal, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense[9] e a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul. É marcante no município, desde sua fundação, a presença do Exército, por ser cidade de fronteira: é sede da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizadae, atualmente, conta com quatro quartéis e um hospital militar, o HGuBa, (que atende toda a região), para além de uma unidade da Justiça Militar.

Bagé é conhecida pela Festa Internacional do Churrasco, a maior festa deste tipo no Brasil, por onde circulam cerca de 60 000 pessoas em quatro dias de duração. Paralelamente, acontece a festa campeira, que está em sua 3ª edição. Bagé é mormente conhecida pela Semana Crioula Internacional, que ocorre sempre no mês de abril, com grande competição de gineteadas. É sede, também, da exposição-feira rural mais antiga do país, a Expo-feira de Bagé, que no ano de 2014 realizou a sua 102ª edição.

Promove também grandes leilões de cavalos da raça "puro sangue inglês", sendo responsável por quase metade do plantel brasileiro de PSI, criados nos vários haras da região, os melhores do Brasil, segundo os especialistas. Acorrem a esses leilões turfistas brasileiros e principalmente estrangeiros, que levam os melhores produtos pagos a alto preço. Assim, Bagé é uma grande exportadora de cavalos de corrida, trazendo divisas para o Brasil.

São Borja

 

Encontre as principais tradições gaúchas em São Borja, com autênticos usos e costumes do gaúcho. O Caminho das missões é um percurso que mescla história com natureza pelas antigas estradas missioneiras 

São Borja tem a civilização mais velha do estado, sendo povoada ininterruptamente desde sua fundação. A lei estadual declarou oficialmente São Borja “Terra dos Presidentes”, por ser cidade natal de dois ex-presidentes do Brasil: Getúlio Vargas e João Goulart. Antigamente, a cidade foi conhecida também como a Capital do Linho, devido ao forte cultivo da planta no município nas décadas do início do século XX. São Borja foi o primeiro dos chamados Sete Povos das Missões da Companhia de Jesus, que abrigou em seu seio a nação guarani e foi o lar de Sepé Tiaraju. Porém, o formato da verdadeira cruz utilizada pelos jesuítas nas Missões pode ser vista em vários locais da região missioneira, inclusive nas Ruínas de São Miguel das Missões, principal sítio histórico dos Sete Povos das Missões. O Caminho das missões é um percurso que mescla história com natureza pelas antigas estradas missioneiras que ligavam as reduções jesuítico-guarani. Os peregrinos partem da Igreja matriz São Francisco de Borja no centro da cidade e fazem o caminho a pé até a cidade de Santo Ângelo, percorrendo 325 km em 13 dias. Das antigas trilhas guaranis, passando pelos caminhos missioneiros e depois as velhas estradas dos tropeiros é que se orientou e traçou o caminho que se apresenta como uma jornada, seja de peregrinação mística, tradição, lazer, pesquisa ou esporte. Ao longo do trajeto estão três patrimônios nacionais: sítios arqueológicos de São Nicolau, São Lourenço (em São Luiz Gonzaga) e São João Batista (em Entre-Ijuis), e um patrimônio da humanidade, São Miguel Arcanjo no município de São Miguel das Missões, além de dezenas de outros atrativos culturais e naturais. Em São Borja você encontra os mais autênticos usos e costumes do gaúcho, suas tradições nas artes, na cultura e na gastronomia. O chimarrão, a música, o churrasco e a hospitalidade são características próprias da gente desta terra, tornando São Borja uma cidade que reúne o que há de melhor do Pampa e das Missões.

São Gabriel

Além dos atrativos naturais e com uma avantajada rede hoteleira, São Gabriel está na Rota das Missões, Centros de Tradições Gaúchas 
São Gabriel é considerada o último reduto dos Carreteiros, o mais antigo meio de locomoção inventado pelo homem. A região apresenta paisagens típicas da fronteira gaúcha, onde o uso pecuário se mescla com a orizicultura (plantio de arroz), em campos situados em coxilhas de baixa declividade com várzeas constituindo atrativos naturais que atraem e encantam o turista por possibilitarem visualizar o horizonte à distância. No centro da cidade, paralela à rua General Câmara, corre a Sanga da Bica, com sua mata ciliar, protegida por Lei Municipal, até encontrar o Rio Vacacaí. Graças ao grande desenvolvimento cultural durante o Império, São Gabriel recebeu o título de Atenas Riograndense, tendo Alcides Castilhos Maya como primeiro gaúcho a ingressar na Academia Brasileira de Letras. Além dos atrativos naturais e com uma avantajada rede hoteleira, São Gabriel está na Rota das Missões, apresentando uma paisagem típica da Fronteira Gaúcha que nos permite a visão do horizonte, projetando-se no Turismo Rural. Centros de Tradições Gaúchas e o Grupo de Cavalgadas Sepé Tiarajú, filiados à Coordenadoria Tradicionalista Municipal que preservam as tradições da cultura gaúcha. Muitos destes CTG possuem Invernadas  Artísticas e Invernadas Campeiras, sendo que as primeiras se dedicam à dança, ao canto, à declamação, à trova e à música gaúchas, com ênfase para o violão, gaita ponto de oito baixos, gaita piano e gaita de boca, enquanto as segundas preservam as atividades campeiras como a prática do tiro de laço, da encilha, das rédeas e do trabalho com couro para confecção do arreamento e a gineteada.

Santa Maria

Cidade pólo da Região Central do Rio Grande do Sul, Santa Maria encontra-se no centro geográfico do estado. Abastecido pelas principais estradas federais e estaduais que cortam o interior do país, o município destaca-se por ter a segunda maior concentração militar brasileira, compreendida pela 3ª Divisão do Exército Brasileiro e pela Base Aérea de Santa Maria. Figura entre os principais centros acadêmicos do país, sendo reconhecido nacionalmente por criar a primeira universidade pública do interior do Brasil, a UFSM -Universidade Federal de Santa Maria. Atualmente aponta como um centro de conhecimento e inovação, devido à presença de sete instituições de ensino superior, além de rede de ensino fundamental e médio e de curso técnico. A cultura herdada das diversas etnias que marcam o povoamento de Santa Maria agrega-se a das pessoas que vieram de diversos lugares do estado e do país para aqui viver, formando um mosaico relevante de tipos humanos que se distinguem pelos caracteres físicos e se assemelham pela unicidade do bem receber.

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus

Direitos reservados Rede Obino de Hotéis.